segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Rapidinhas da semana #12

# A última semana antes do Natal foi tranquila na Uni. Só tivemos aulas na segunda e na terça, foram aulas bem tranquilas, já em clima de férias =)

# Na quarta-feira combinei com a Ana que faria a unha dela pro Natal. Aqui poucos pintam as unhas, e quando pintam fazem beeem mais ou menos e deixam os esmalte descascar até ele sair todinho, horrível! Pintei a unha dela com "Pipa" da Impala e ficou bem lindo!

# Depois da manicure, fomos pra Essen nos despedir do Weihnachtsmarkt. Outro sóóó no ano que vem! Lá encontramos o Dominik, marido da Anna e mais um casal amigo deles. Tomamos vários Glühwein! Hehehe..

# Do lado do Weihnachtsmarkt oficial, tinha o Weihnachtsmarkt da Idade Media. Lá tinha comidas e bebidas das antigas, gente tocando instrumentos tipo gaita de fole, mágicos de rua (o cara tinha um ratinho dentro do bolso!), barraquinhas onde se podia brincar de ferreiro da Idade Média, outras barraquinhas vendendo armaduras e armas daquela época... uma barraca mais interessante que a outra. Pena que esqueci minha camera em casa.

# Se você leu os post anteriores, já deve saber que meu voo pra Itália foi cancelado. Neve, a causadora do caos! Faz um mês que estamos convivendo com ela e quando voltei pra casa depois de passar o dia no aeroporto tive que afundar até o joelho na neve pra conseguir entrar em casa. A noite de Natal foi agradabilíssima na companhia da família Topel, minha família postiça.

#Já contei isso aqui no blog. O feriado de Natal na Alemanha é nos dias 24, 25 e 26 de dezembro. Depois de tantos dias comendo exageradamente, os alemães engordam em média 5kg durante essa época. A parte boa de ter ficado em casa é que não tinha nada na geladeira (já que comi os restos antes da viagem pra não deixar nada estragar) e durante o final de semana não tinha um mercado aberto. O jeito foi controlar na comida. O Herr Topel é que me ligava todo dia perguntando se eu ainda tinha comida em casa... qualquer coisa era pra eu ir filar uma bóia lá com eles, hehehe.

# Ontem decidi desistir de voar pra Itália resolvi e ir direto pra Innsbruck, afinal eu tô de férias e o que menos quero é ter que ficar calculando quanto tempo ainda teria por lá.

# E pra quem ainda tem coisas pra riscar na lista "things to do in 2010", sinto lhes informar, só lhes restam 4 dias!

domingo, 26 de dezembro de 2010

Mudança de planos

Depois de 4hrs na fila pra remarcar a passagem da AirBerlin, tive que decidir em 2 minutos o que fazer: pegar o reembolso, viajar só depois do Natal pra Milão ou ir direto pra Innsbruck num voo com escala em Viena. Escolhi por voar pra Milão porque queria muito rever a Juli e o Gabo e passar o Natal com eles. Como nada disso deu certo, passei o Natal pensando e me preocupando em como seria a ida à Itália.
"Será que vou conseguir voar? Será que vai nevar mais? Tá, e se eu conseguir chegar em Milão, ainda vou ter que pegar o ônibus até Turim.. ai meu Deus, mais duas horas de viagem até lá. Aí se chegar lá à meia noite vamos querer ficar conversando até mais tarde e não vou conseguir acordar cedo o suficiente pra passear em Turim. Ahh, e daí lá pelas 17hrs já tenho que correr pra estação pra pegar o trem pra Milão... e de Milão pra Verona, esperar até à 1hr, pegar o trem pra Innsbruck e chegar lá de madrugada. UFA!"
Isso são férias? Eu já tava nervosa antes mesmo de ir pro aeroporto e por isso decidi fazer o mais sensato. Ir daqui direto pra Innsbruck!
Claro que vou perder a passagem de avião, mas posso pedir reembolso do ticket de Milão pra Innsbruck, aí não saio tããão no prejuízo.

Hoje consegui uma carona de Dortmund até Mittenwald, na divisa com a Áustria. De lá sigo de trem por mais uma hora até Innsbruck. Vamos sair amanhã de manhã e devo chegar em Innsbruck só à noite. Mas pelo menos sei que vamos chegar.

A Itália vai ter que esperar por mim... hehehe.
Marii, logo logo estou aí e quero muuito comer delícias austríacas e festar muito com vocêêêês!!

sábado, 25 de dezembro de 2010

Meu Natal improvisado

Quando comprei a minha passagem pra Milão, já sabia que teria que acordar beem cedo. Até aí tudo bem, mas não estava contando que nevaria desse jeito!
Na noite anterior a nevasca começou e a previsão era de até 30 cm de neve para as próximas horas. Pra chegar no aeroporto eu teria que pegar um ônibus noturno até a estação de trem de Mülheim e de lá pegaria um trem até o aeroporto de Düsseldorf.
Às 4hs estava no ponto de ônibus já sem esperanças de que o ônibus estivesse rodando. A rua estava completa de neve e tive que afundar meus pés na neve enquanto andava. O ônibus estava 2 minutos atrasado e resolvi ligar pra empresa. Caso ele estivesse muito atrasado, pegaria um taxi. No que o telefone começou a chamar vi uma luz no fim do túnel, o ônibus estava chegando!
Gente, eu nunca saí de casa com tanta neve na rua. Fiquei surpresa que conseguimos chegar na estação de trem.
De lá ate o aeroporto foi tudo certo. No guichê pra despachar a mala, a moça já me avisou que o aeroporto estaria fechado até pelo menos às 8hrs. Como ainda eram 5hrs, arranjei um lugar pra sentar e ler. Nesse tempo não parou de nevar por nenhum segundo e o fechamento foi prolongado pras 9hs, 11hrs, até que, antes mesmo das 9hrs, eles cancelaram o voo. Só me restou ensacar a viola, ou melhor, buscá-la na esteira do desembarque, e encarar a fila pra remarcar a passagem. Foram 4hrs na fila! 100 voos foram cancelados só em Düsseldorf!
O primeiro voo pra Milão que consegui foi pra domingo, dia 26.
Voltando pra casa, caos na estação de trem. Tinha trens com atraso de até 150 minutos!
Peguei um trem até Mülheim e então um metro até um shopping, onde poderia pegar um ônibus que passa do lado de casa, assim não precisaria carregar a minha mala da estação de metro até lá. A droga é que os ônibus pararam de rodar com tanta neve nas ruas... tive que pegar de novo o metro até a estação mais perto de casa e de lá seguir andando pra casa carregando uma mala de 15kg abaixo de neve morro acima no dia do Natal!
Cheguei em casa e ela estava gelada porque, como iria passar 10 dias fora de casa, tinha desligado os aquecedores. Também não tinha comida na geladeira, porque tinha comido os restos pra não ter surpresas na volta.

Mas como eu sou uma pessoa de sorte, tenho vizinhos muito queridos, a Familia Topel me convidaram pra ceia de Natal! Foi bem divertido e por um momento esqueci tudo o que tinha acontecido durante o dia. Já era uma hora da manhã quando voltei pra casa e fui descansar... foram quase 23 horas acordada. Tudo o que eu queria era dormir até não aguentar mais.

No dia seguinte, a Anna me mandou uma mensagem falando que era pra eu ir tomar café lá. Fiquei meio sem graça de ir filar a bóia de novo, mas pensei que se eles estavam convidando não tinha porquê não ir.
Depois ainda saí pra tirar umas fotos, já que depois da nevasca o sol apareceu!





Eu realmente sou uma pessoa de sorte, meu Natal improvisado foi melhor do que esperado!

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

"Brazil, water and culture"

Nesse post contarei um pouco sobre meu seminário “Brasil, água e cultura”.

Pra começar, alguns dados básicos pra relembrar aqueles estrangeiros esquecidos. No Brasil se fala português, e não espanhol. A capital do país não é nem São Paulo, nem Rio, mas Brasilia. E atualmente somos 190 milhões de brasileiros!

A água no Brasil é dividida em oceano, lagos, rios e aquíferos.

O Aquífero Guarani é a maior reserva subterrânea de água no mundo (Mentira, acabei de ler o resultado de uma pesquisa que diz que um aquífero no nordeste do Brasil é maior do que o Aquífero Guarani.). Sua área é equivalente a área da Inglaterra, Espanha e França juntas! É fonte de água para muitas cidades onde os rios estão poluídos.

Toda a costa brasileira é banhada pelo Oceano Atlântico. São 7500 km e 2045 praias. Essa região tem grande potencial energético (vento e sol), porém ainda pouco explorado.

Cerca de 12% da água doce do mundo está no Brasil. Existem 12 grandes bacias hidrográficas e a maior é a bacia Amazonica que também é a maior bacia hidrográfica do mundo.

O Rio Amazonas é o maior rio do mundo, tanto em comprimento quanto em volume de água. Ele nasce nos Andes (sul do Peru), corre 7000km e deságua no oceano Atlântico. Na época das cheias, o Rio Amazonas pode atingir mais de 50km de largura. A população local costuma dizer que esse rio é um mar de água doce, pois em algumas áreas a largura é tão grande que não se pode ver a outra margem do rio.

Outro importante rio brasileiro é o Rio Paraná. Ele forma a divisa entre Paraguai e Brasil e, nessa divisa está a Hidrelétrica de ITAIPU, principal fornecedora de energia do Sul/Sudeste do país. Porém durante a sua construção, muitos foram os impactos ambientais e sociais. Mais de 40 mil pessoas tiveram que se mudar da área que seria inundada, além de muitos animais que foram coletados e transportados pra regiões seguras.

Comparando fontes de energia, o Brasil teria que queimar mais de 500 mil barris de petróleo por dia pra produzir a mesma quantidade de energia que é produzida na ITAIPU!

As lendas e mitos indígenas ainda são muito comuns nessas comunidades. Eles tentam explicar a criação do mundo, do homem e os fenômenos da natureza.

Rio Amazonas:

Tupã, o maior dos deuses, desejava criar o mundo e os homens... mas era impedido pelo Sol, que amava a Lua com amor tão ardente que queimava tudo à sua volta. Tupã não teve outra escolha senão separá-los. A Lua, infeliz, chorou dias e noites. Suas lágrimas, tão doces e abundantes que eram, formaram imensa torrente sobre a Terra, separada das águas do mar, assim nascendo o Amazonas.”

A lenda do boto conta que, à noite, o boto sai do rio e se transforma em um rapaz bonito. Ele encanta e seduz as moças, às engravida e depois volta pra rio se transformando num boto novamente. Essa historia é contada pra esconder as relações de incesto que ainda acontecem em muitas tribos isoladas.

Há quem diga que nunca se deve olhar nos olhos do boto, senão acabará tendo pesadelos pro resto da vida.


E aí, quanto sobre esse assunto você já conhecia? Eu tive que ler muita coisa pra preparar essa pequena apresentação e confesso que aprendi bastante.

Alô Brasil, aquele abraço!

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Rapidinhas da semana #11

* Branco é a cor do momento. Já tô cansando de escrever sobre esse assunto.

-7°C, 20.12.2010.


* Posso ibenar e acordar só em março?! A minha sorte é que na sexta-feira estou indo pra Itália (onde sempre, ou quase sempre tem sol!)! Isso se o meu voo não for cancelado. Torçam por mim!

* No último sábado fui convidada a apreciar comida peruana! O Ronald, colega e aluno do mestrado de Water Science, é do Peru. Ele convidou eu e mais duas meninas pra almoçar na casa dele. Eu fiz o maior esforço pra sair de casa. A minha vontade era de ficar no quentinho o final de semana todo. Mas a ida até Essen valeu a pena! Conversamos, rimos e comemos comida gostosa... há tempos que estava precisando desse tipo de diversão (saudades das nossas jantas nas quintas, meninas!).


* Ainda antes de voltar pra casa, passei no Weihnachtsmarkt de Essen. Comprei meias de lã e tirei várias fotos legais. =) Mas confesso que não via a hora de voltar pra casa e esquentar meus pés!


* Hoje apresentei um seminário bem tranquilo sobre o Brasil. No começo achei que tinha entrado numa furada, mas até que foi divertido e acho que o pessoal gostou. Vou fazer um post sobre o seminário qualquer hora dessas.

* ... e em 24horas começa o inverno no hemisfério norte e também será o dia mais curto do ano! Estou tããão feliz e a partir de quarta-feira já começo a fazer contagem regressiva pro começo da primavera! Heheheh...

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Neve - a causadora do caos

Desde que começou a nevar, há exatas 3 semanas, o caos se instalou na Alemanha.


A região do rio Ruhr, assim como os estados do noroeste da Alemanha não sofre tanto no inverno quanto os outros estados. Normalmente neva por alguns dias e só pra "colorir" os telhados das casas, mas aí logo as temperaturas sobem e lá se vai a alegria do povo. Mas nos últimos tempos a situação tem sido diferente. Há dois anos atrás, quando eu estava em Breitenborn, tivemos várias nevascas (a última foi em meados de março!) e por alguns dias as temperaturas chegaram a -20°C! No ano passado o inverno não foi muito diferente. Esse ano ele chegou mais cedo e mais intenso do que nos anos anteriores. Desde então só tivemos dois dias em que não havia neve no chão. O inverno ainda nem começou e já vivemos temperaturas de até -8°C e acho que a temperatura média das últimas semanas foi de uns -2°C! (Hi, I'm the GLOBAL WARMING!) A cada dois ou três dias cai mais neve. É obrigação de cada um limpar a sua calçada porque caso você não tenha feito isso e alguém caia e se machuque, você vai ser o responsável. A neve das estradas e avenida
s é retirada por aqueles caminhões que na frente retiram a neve e atrás jogam sal na pista. As ruas secundárias não são limpas por caminhão nenhum, os próprios carros é que fazem o serviço quando passam por lá e acabam carregando neve de um lado pro outro.


Quando a neve derrete (o que não está acontecendo tão frequentemente) tudo vira um "Matsch" misturado com terra e sujeira e aquela neve fofinha e bonita se transforma numa meleca suja. A meleca e as calçadas escorregadias são um saco e é por isso que já to "poraqui" com tanta neve.


A partir desse ano é lei ter pneus de inverno nos carros. Antes não era obrigatório, mas foi só a lei entrar em vigor que começou a nevar loucamente... parece que foi combinado, hehehe. Esses pneus são muito importantes porque dão mais aderência à pista. Mesmo assim os acidentes continuam acontecendo. Quando a neve derrete e não tem sal suficiente na pista, a água congela e transforma a pista em sabão! Na última segunda caiu tanta neve em questão de 2-3hrs que causou mais de 700 acidentes no estado de Nordrhein-Westfalen.


O caos também se instalou nos aeroportos e estações de trem. Voos e trens cancelados ou atrasados não é exceção. Eu só espero que essa neve toda não atrapalhe as minhas férias na semana que vem.

E quem tem vontade de sair de casa num tempo como esse? Além do frio, o dia está muito curto. Amanhece às 8:00 e às 16:30 já está escuro.
Mas tem louco pra tudo, né? Eu prefiro ficar na minha casa quentinha, o que às vezes é um saco porque não interajo muito com outras pessoas e começo a entender como as pessoas se tornam depressivas (cabin fever). Hoje, por exemplo, era pra eu ter ido a Aachen visitar o Weihnachtsmarkt de lá, mas depois da nevasca de ontem decidi ficar em casa mesmo. Vou deixar pra passear na região sóóó lá por abril! Hehehe...

Mas calma pessoal, não estou tristonha não!
Até porque faltam só 3 meses pro inverno acabar, 4 dias pros dias começarem a ficar mais claros novamente, 7 dias pras minhas férias começarem e 7 dias pro papai noel chegaaaar!! \o/\o/\o/

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Holidays are coming!

Eu simplesmente amo esse comercial. Não tem som mais natalino do que coral e guizos.





Wonderful dream (holidays are coming)
by Melanie Thornton


Holidays are coming
Holidays are coming
Holidays are coming

Tease the season
Watch out
Look around
Something's coming
Coming to town

Something magic
In the night
Can't you see it
Shining bright

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Rapidinhas da semana #10

* Depois de 2 semanas nevando tivemos as primeiras temperaturas positivas e a neve finalmente derreteu. Tivemos um "verão" ameno com temperaturas de 5-7°C. Infelizmente o sonho das temperaturas positivas acabou e há 3 horas está nevando as hell e acho que amanhã não saio de casa! Hahahah..


* Amigos+Brahma+Snuf = fazemmuitafalta!

* Há dias que percebo uma coisa: a minha capacidade de concentração é proporcional ao meu interesse pela matéria. Se é alguma coisa que eu gosto, consigo estudar o final de semana inteiro sem reclamar. Nesse final de semana me propus a começar a estudar Water Chemistry e vi que não ia rolar. Além da falta de interesse e de não entender bulhufas, já estou em clima de férias de natal e minha cabeça não está mais muito afim de pensar em Environment mas sim faz mil planos para o final de ano!

* Fiz um investimento dos bons no último final de semana. Estava procurando uma jaqueta de plumas+penas já fazia algum tempo, e não é que achei a perfeita Daunenjacke! É incrível como ela é quentinha! Com a minha antiga jaqueta mais quente, cegava na estação de metro batendo o queixo com -5°C. Hoje cheguei lá quase suando! Hahahaha.... Foi cara, mas pelo menos não vou congelar nesse inverno!

* Ontem fui convidada para sair pra jantar com a Familia Topel. Há tempos que estávamos planejando esse jantar, mas nunca conseguiamos reunir a família toda (além dos pais Topel, a Anna e seu namorado). Bom, a mesa estava reservada para às 18hrs, mas fomos um pouco antes pra podermos passear no Weihnachtsmarkt da cidade antiga de Mülheim.
Poucas semanas depois que me mudei pra cá o Herr Topel falou que logo nós poderíamos nos "dutzen" (nos chamar por "você"[du], e não mais pela pronome formal "Sie"), mas isso só depois que tomássemos uma cerveja juntos... e na verdade era esse o propósito do jantar. Acabou que tomamos um Glühwein no Weihnachtsmarkt e adiantamos as coisas, hehehe. Teve toda uma cerimonia e tanto ele como a esposa se apresentaram com o primeiro nome, mostrando assim que agora poderíamos nos chamar de "você". Foi bem legal!


Tudo muito fofo lá em cima no Weihnachtsmarkt. Muitas casa enxaimel e "mileuma" barraquinhas vendendo decoração e comida natalina. Amo Weihnachtsmarkt! Hehehe.
Na hora programada, fomos pro restaurante. O dono é um croata, amigo do Herr Topel. A comida estava deliciosa e foi uma misturança de cerveja, vinho, schnaps, licor... e cada vez brindávamos à vizinhança, huehuehue...


O ambiente do restaurante era muito agradável e eu me diverti muito com essa família. Às vezes acho que eles me adoraram como filha postiça =) É simplesmente ótimo saber que não estou sozinha aqui e que quando eu precisar de qualquer coisa tenho com quem contar.

domingo, 12 de dezembro de 2010

Separando o lixo

Antes de ir morar com os Ysenburg, eu já costumava separava o lixo lá de casa em "reciclável" e "não reciclável".

Quando vim pra cá, tive que me adaptar com os tantos tipos de lixeiras e hoje morro de dor na consciência quando não consigo jogar o lixo na lixeira certa. Aqui vão algumas categorias:

http://www.schreibwaren-info24.de/category/bueromaterial/

Gelbe Tonne (amarelo)
Essa lixeira é destino de praticamente todas as embalagens plásticas e metálicas. As embalagens Tetrapak também vão nessa lixeira porque tem um plástico na parte de dentro e geralmente possuem uma tampa plástica. Geralmente, na embalagens dos produtos tem um símbolo dizendo que aquela embalagem deve ser jogada no Gelbe Tonne.

Bioabfall (verde)
Nesse lixo vão folhas, plantas, restos de comida, ou seja, qualquer coisa que possa ser decomposta. Mas cuidado, não jogue restos de carne crua nesse lixo... eles atraem ratos, raposas e outros animais.

Altpapier (azul)
Todo tipo de papel. Jornal, embalagens, papéis impressos, ect. Mas tenham bom senso, papel higiênico não é reciclável!

Glas
Em cada bairro existe um container para vidros de diferentes cores. Você vai acumulando as garrafas, vidros de conserva em casa e então os leva até os containers que são divididos por cores de vidro.
http://www.corbisimages.com/Enlargement/42-15241330.html

Restmüll (preto)
É o resto. Tudo o que não foi jogado nas lixeiras anteriores.

Sperrmüll
Uma vez por ano todo mundo dá uma geral em casa e pode se livrar de móveis, eletrodomésticos, bicicletas, brinquedos grandes, carrinhos de bebê,... Lembro que a Sophie saía catando o lixo dos outros no dia do Sperrmüll. Acho que muita gente faz isso, até porque o que um não quer, pode ser útil pra outra pessoa.

Sondermüll
Sabe aquelas latas de tinta ou verniz, cola, agrotóxicos, adubos, baterias, termômetros, latas de spray, ou qualquer outro produto químico que a gente não sabe o que fazer? Eles são acumuladas e uma vez por ano podem ser recolhidas pela coleta de lixo da cidade.


Em todas as casa tem que ter as super lixeiras onde se acumula os principais lixos (gelbe Tonne, papel e Restmüll e Bio), porque é neles que o lixo é coletado. A prefeitura possui um calendário anual de coleta de lixo. Lá em Breitenborn papel e gelbe Tonne eram recolhidos uma vez por mês, Bio e Restmüll a cada duas semanas (no verão toda semana).http://www.kaleidoshop.de/produktkatalog/14335873.html
Caminhão de lixo alemão.

Pra quem entender alemão, aqui está um .pdf bem legal pra quem mora aqui e não sabe como separar o lixo.

Eu sei que em São Bento e em Curitiba tem coleta de lixo reciclável.
Leve a sua sacola ecológica quando for ao mercado. Na Alemanha, se você não levar a sua, ou você compra uma sacola por €0,10 ou €0,20, ou leva tudo na mão.

Para mais informações e dicas sobre como produzir menos lixo no Brasil: http://planetasustentavel.abril.com.br/lixo/

Artigo "Consciência coletiva pela qualidade de vida" no site Brasil Alemanha.

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Forest Decline

Bom, gastei muito do meu precioso tempo na preparação do seminário sobre "Forest Decline" (declínio florestal) pra ele ficar jogando num canto e eu nunca mais ouvir falar disso. Portanto, resolvi escrever um post sobre esse assunto interessantíssimo!

Se você pensa que declínio florestal é a mesma coisa que desmatamento, deve continuar lendo esse post, porque você está completamente enganado! Hehehe...

"Waldsterben", o termo alemão pra declínio florestal, surgiu no começo dos anos 80 e foi descrito como sendo a morte progressiva de florestas sendo resultado da poluição do ar.
Dano foliar e mortalidade aconteceram em florestas de regiões na República Tcheca e Alemanha, e foram causadas por altas concentrações de dióxido de enxofre (SO2), ou seja, ar poluído.

A chuva ácida é produzida por dióxido de enxofre e óxido nítrico (NO).
SO2 é produzido por queima de combustível fóssil em usinas e indústria. Na atmosfera, SO2 reage na presença de luz solar gera ácido sulfúrico. NO é basicamente produzido por automóveis/caminhões/ônibus e na atmosfera resulta em ácido nítrico. Esses ácidos "lavam" o solo e muitos minerais importantes para as plantas (Ca, Mg, P e K) são perdidos.

O alumínio está presente na água, solo e ar, mas a maioria está na forma de silicato de alumínio, que não causa nenhum problema para os seres vivos. A pequena quantidade que está na forma livre e solúvel é capaz sim de influenciar sistemas biológicos. Tem como mecanismo de ação a substituição dos íons cálcio no apoplasto e assim reduz o número de lugares para ligação e absorção de cálcio na célula. Isso causa problemas na estrutura da parece celular.
Outro problema é que o alumínio tóxico(livre) se torna mais disponível em baixo pH, ou seja, a chuva ácida ajuda o alumínio na sua ação tóxica.

Ozônio é uma molécula com 3 átomos de oxigênio. É produzida quando o raio UV quebra a molécula de oxigênio(O2) em dois átomos de oxigênio.
Esses oxigênios são altamente reativos e rapidamente colidem com outra molécula de oxigênio, formando assim O3.

http://www.atm.damtp.cam.ac.uk/people/efs20/ozone/node3.html


Na estratosfera (15-20km) o ozônio protege a vida na terra absorvendo os raios UV emitidos pelo sol. Porém na troposfera (onde nós vivemos) o ozônio é extremamente perigoso pra saúde dos seres vivos. Em plantas o ozônio causa danos a clorofila, reduzindo assim a fotossíntese e crescimento. Ele entra nos estômatos durante a troca gasosa e como é um forte oxidante acaba causando clorose e necrose.

Mas o declinio florestal não pode ser explicado apenas por um fator, mas sim por uma interção entre diversos fatores. Por exemplo, uma árvore saudável que vive em uma condição de stress (baixas temperaturas, seca, poluição do ar, ect) pode desenvolver doenças e desse modo, se tornar mais susceptíveis a insetos ou fungos.

Na década de 80, os ecologistas não tinham a menos noção do que estava acontecendo com as florestas na Europa. A perda das folhas pelas árvores e a cara de doente das florestas não podia ser explicada por nenhum fator conhecido. Foi então que se começou a pensar na poluição do ar e BATATA! No começo da década de 80 cerca de 25% das florestas européias eram classificadas em severamente afetadas pela "Waldsterben" e o resto delas estavam sofrendo sintomas. Ninguém sabia exatamente se elas iriam se recuperar dessa intoxicação em massa, mas mais uma vez a natureza reuniu forças e venceu mais essa batalha. Porém a guerra continua... estima-se que 30% das florestas no mundo estejam sofrendo com a chuva ácida.

E aqui vai um link pra que gosta de mato e mora na cidade: Forest Life =)

"Cuidar da Natureza é Cuidar da Vida!"

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Rapidinhas da semana #9


*Neve, MUITA NEVE! Eu ainda não acredito que tenha nevado tanto nos últimos dias. Geralmente o norte da Alemanha só vê aquela "penugem" de neve que logo se derrete. A temperatura média da última semana foi de uns -6°C! Sorte que dentro sempre tem aquecimento. Tanta neve inesperada causou caos no transporte público, trens e aeroportos. O inverno nem começou e já está se falando em inverno mais frio dos últimos tempos. Com tanto frio nem tenho vontade de sair de casa.


* Fiz mais uma visita ao Rotaract-Mülheim na semana passada. Tinha só 6-7 pessoas mas foi legal. Eles me convidaram pra participar da festiva de Natal e eu já aceitei. Vou tentar ser presente nas próximas reuniões. Preciso de atividades extra curriculares e o Rotaract parece ser uma boa ideia.

* Todo dia aprendo alguma coisa nova sobre alguma cultura diferente desse mundo. Sempre converso com meus colegas chineses sobre os quitutes culinários da China. O Garry odeia a comida daqui e arranjou um emprego de garçon num restaurante chinês. Ele a Meng são namorados e moram juntos, aí quando sobra comida no buffet do restaurante o Garry leva comida chinesa pra Meng. Fofo, né?
Mas enfim, não era isso que queria contar. Como a gente sempre conversa sobre as comidas diferentes deles, na semana passada eles trouxeram ovos cozidos em chá preto pra gente comer! Juro que fiquei com medo de não gostar e ter que dizer isso pra eles, mas não é que é bom! É diferente, meio temperado com o chá.

* Depois que voltei de Löwenstein estava meio desanimada. É tão bom falar alemão e lá na Uni quase não falo. Eis que surgiu a oportunidade de assistir uma aula sobre espectrometria em alemão e lá estava eu. Me senti tão bem, percebendo que valeu a pena tanto tempo estudando essa língua. Fiquei bem orgulhosa de mim mesma, hehehe.

*... estava desanimada porque não estava na certa se tinha feito a escolha certa no mestrado. Sei lá, a gente nunca tem certeza do que quer da vida, mas depois daquele final de semana delicioso eu queria mesmo era me mudar pro Sul o quanto antes. Logo que voltei a realidade de Essen, percebi que eu gosto daqui e que EnviTox é super interessante! Já comecei a fazer vários planos. 99% deles não vão se concretizar, mas e daí?! Hehehe..

*Uma coisa que anda me deixando nervosa é aquela minha coleguinha romena. No começo do semestre não desgrudava de mim e vivíamos fazendo coisas juntas. Almoçavamos com o pessoal de EnviTox, bla bla bla. Desde sei lá quando ela resolveu ser grossa e chata não só comigo, mas com todo mundo! Toda vez que ela começa com aquele seu jeitinho peculiar de ser eu respiro fundo e conto até 245 até a minha raiva passar. Não quero discutir por dois motivos: 1. não vale a pena discutir com ela; 2. Somos em 7 pessoas em EnviTox e vai ficar bem chato se tiver uma briga no meio... então vou deixar ela achando que é a dona da razão mesmo.


* Hoje é dia de São Nicolau e ontem fui tomar chá e comer bolachas de natal (Plätzchen) com a Familia Topel. Ganhei um Papai Noel de chocolate e uma "lanterna" com motivos de pontos turísticos da região. Adorei!

domingo, 5 de dezembro de 2010

Beim Singen mit den Terroristen

Estava fuçando nos meus arquivos e olha o que eu achei: videos de cantorias com os terroristas!
Morro de rir com esses dois! Hehehe.

O primeiro é uma música de Sankt Martin. Naquele época ensaiei com eles porque eles iriam apresentar ela no jardim do dia de Sankt Martin (11.11). Assistam até o final!

E o segundo é "Oh Tannenbaum". Acho que é o canto de Natal mais adorado por aqui.

Divirtam-se!
video video